Arquivo de dezembro, 2010

Retrospectiva 2010…”olá” 2011!

Posted in Uncategorized with tags , , , , , , , , , , , , on dezembro 30, 2010 by Roger Deff

Enfim encerramos mais uma jornada, 365 dias de muita ralação e aprendizado. Fazer um balanço, mesmo que por alto, de como foi o ano nos ajuda a pensar no que gostaríamos de realizar no próximo. Foi um ano importante em vários aspectos, para a cultura, para a política… marcado por mobilizações civis como o movimento da Praia da Estação, a realização do FIT através da pressão popular, a união de várias entidades pela continuidade do Duelo de Mcs, seguramente o mais importante espaço do Hip-hop em Minas e a quebra de paradigmas com a primeira mulher eleita ao cargo da presidência da república.

Julgamento no Transborda (Praça da Estação - BH)

Gusmão e Helder (Julgamento) - Festival Transborda

Entre tantas outras coisas 2010 fica marcado para mim como um ano de crescimento para o Julgamento.

Julgamento e Dokttor Bhu & Shabê – Verão Arte Contemporânea – Teatro Marília

Muck e HD – Verão Arte Contemporânea – Teatro Marília

Como em todo trajeto, pessoas vêm e pessoas vão e, ao contrário do que diz o ditado popular, ninguém é substituível, caso do guitarrista Helton Rezende que este ano nos deixou para seguir seu próprio caminho, assim como outros integrantes no passado (Negro S, Lício DAF, Cássio, Gustavo Caetano, HS Jay…). Cada indivíduo deixou aqui a sua marca particular, assim como os que vieram mais recentemente, como Helder Araújo e Luiz Prestes.

DJ Giffoni – Julgamento no Cidade Hip-hop – Lapa Multshow

Prestes – Julgamento no Cidade Hip-hop – Lapa Multshow

Fica aqui o nosso agradecimento a todos que contribuíram para que pudéssemos mostrar o nosso trabalho e aos que nos acompanharam ao longo do ano: Edmundo, Guilardo, Malu Aires, FIT, Pegada, Família de Rua, NUC, Verão Arte Contemporânea, Dokttor Bhu e Shabê, Renegado, Nathy Faria, Marcão Prates, Muck, Inconfidência FM, Bazar Maravilha, Cidade Hip-hop, Samba de Luiz, Festival Transborda, Cria Cultura, Andréia Alvarez, Bruno Souza, Casa de Marimbondo, CBN Independente, Programa Frente, Programa Agenda, ao excelente programa Microfonia, da PUC TV, cuja última edição realizada em 2010, eu tive a satisfação (e a tristeza) de fazer parte e a tantos outros parceiros importantes na nossa caminhada.

Como construção é um processo  contínuo, “vamo que vamo”!

Khumallo – Verão Arte Contemporânea – Julgamento – Teatro Marília

DJ Tobias – Verão Arte Contemporânea – Julgamento – Teatro Marília

2011 promete e ficam os votos do Julgamento de energia renovada e muita disposição para os novos 365 dias que nos aguardam, com seus desafios, vitórias e aprendizados.

Para não deixar de fazer uso do dialeto: é nóis!

BH Canta e Dança: Retrato Radical

Posted in Uncategorized with tags , , , , , , on dezembro 27, 2010 by Roger Deff

O BH Canta e Dança era um evento realizado anualmente na Praça da Estação por Guilherme Ferreira, mais conhecido como MC Pelé. O projeto reunia um público de mais de 5 mil pessoas e era dedicado à divulgação da produção artística das periferias como rap, street dance, soul e o então emergente funk carioca.

O Canta e Dança foi extremamente importante para o surgimento de alguns dos mais importantes nomes do rap belohorizontino, caso do grupo Retrato Radical, que já passa dos seus vinte anos de existência com 3 álbuns gravados. O vinil “Seja mais um” (1995) e os álbuns lançados em CD “O Barril explodiu” (2000) e “Homem Bomba” (2008).

O vídeo acima mostra o Retrato em uma de suas primeiras formações, numa apresentação no Canta e Dança. “Faça a Coisa Certa!

Relembrando: Fazendo o som Transborda

Posted in Uncategorized with tags , , , , , on dezembro 23, 2010 by Roger Deff

Vídeo massa do nosso show no Transborda, mas com o Gusmão no primeiro plano, como rolou num vídeo anterior. Sente só a força da batera! Funk na cabeça!

Abs!

Dica de som da semana: Câmbio Negro – Sub Raça

Posted in Uncategorized with tags , , , on dezembro 22, 2010 by Roger Deff

Já falamos do Câmbio Negro por aqui, um dos mais importantes trabalhos da história do rap nacional. Numa época em que a simples ideia de fazer som com banda  soava como verdadeira heresia dentro do contexto do rap, X, Marcelinho, Ritchie e cia tocaram o “F” e fizeram o som que acreditavam ser o mais adequado para a proposta deles.

Me lembro de ver e ler entrevistas com o X (vocal do Câmbio Negro) falando em português claro e direto  “O som é porrada mesmo, é assim que fazemos“, evidenciando o caminho que pretendia seguir.

A música Sub-Raça, é a faixa título do primeiro álbum, quando a formação se resumia a X e o DJ Jamaica.

Sub -raça, é a putaquepariu” Clássico!

La Onda

Posted in Uncategorized with tags , , , , , , , on dezembro 21, 2010 by Roger Deff

Tá rolando hoje em Vespasiano o Festival La Onda, organizado pelos nossos bothers do Coletivo Vatos.

A programação teve início ontem (20/12) e conta com uma diversidade bacana de bandas de MG e de outras partes do país também, além da ótima variação de gêneros (hip-hop, samba, rock…)

Você pode conferir o que rola por lá aqui.  Já adianto algumas ótimas bandas que deram as caras no festival, Quatro Instrumental, Zimun, Festenkois, Monograma (entre outros).

Boa pedida pra quem quer conferir bons trampos musicais.

Abs

Vídeo da apresentação de “Muito Além” no Transborda

Posted in Uncategorized with tags , , , , , , , , on dezembro 15, 2010 by Gusmão

Acabamos de postar no nosso canal do Youtube (www.youtube.com/julgamentohiphop), o vídeo da gente tocando a música “Muito Além” no dia de encerramento do Festival Transborda.

Hoje ainda, mais ao final do dia já estará no ar a música “Fazendo o Som” que também foi tocada nesse mesmo show.

Sem mais delongas, curte o som aê. Abraço a todos!

Registrando a passagem do Julgamento pela FMB 2010

Posted in Uncategorized with tags , , , on dezembro 13, 2010 by Roger Deff

A Feira Música Brasil 2010, que rolou em Belo Horizonte, na Funarte, reuniu entidades, músicos, jornalistas e articuladores de várias partes do país e do mundo. Grande oportunidade para contatos e futuros intercâmbios. Particularmente, senti falta de algumas figuras do hip-hop lá, principalmente por se tratar de um excelente momento para expandir o trabalho.

Mais sobre isso mais tarde, o foco do post é o show que realizamos no Nelson Bordello, dentro da programação alternativa da FMB2010.

Primeiro, fiquei impressionado com a qualidade do som. O Alan conseguiu dar o brilho que precisávamos naquele momento. Confesso que foi um dos shows mais intensos que já fizemos, no sentido visceral mesmo da coisa.

Na falta de termo melhor, foi “porrada”!  O público contribuiu muito também, foi bom demais ver a moçada cantando as músicas. Foi uma satisfação enorme pra gente e deu aquela sensação de dever cumprido, no fim das contas. Fechando a noite, os sets impressionantes dos DJs Dema (RJ) e Heikki Eiben. Funk setentista da melhor qualidade.

Nossos agradecimentos ao pessoal do Pegada, Outrorock, Léo e Helton por emprestarem os amplis, Marcão Prates pelos ótimos registros e a quem pôde comparecer.

Valeu demais!